sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

A “despedida de solteira” de Scarlett Johansson

Cartaz Cinema

A “despedida de solteira” de Scarlett Johansson

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Scarlett Johansson lidera o elenco feminino de "Girls Night", uma comédia concebida para o Verão cinematográfico. João Lopes comenta as novidades nas salas, destacando ainda a edição em DVD de "A Espera", do italiano Piero Messina.

Realizado pela estreante Lucia Aniello, “Girls Night” é a história de uma despedida de solteira que não corre nada bem... Scarlett Johansson interpreta a personagem central, liderando um elenco em que também surge Kate McKinnon, da equipa de “Saturday Night Live” (NBC).

“Terceiro Andar”, de Luciana Fina, apresenta um retrato de duas mulheres, no Bairro das Colónias, em Lisboa, partilhando memórias da Guiné-Bissau — uma proposta do documentarismo português revelada no DocLisboa 2016.

Michel Gondry faz um retrato de dois jovens que partem à descoberta do seu próprio país, a França: “Micróbio e Gasolina” aposta num registo de aventura que se cruza com a comédia e a crónica social.

O primeiro destaque do DVD tem também a assinatura de Michel Gondry: “É Feliz o Homem que É Alto?” (2013) apresenta-se como um documentário elaborado a partir de entrevistas com o filósofo Noam Chomsky, mas transfigurado em filme de animação.

Piero Messina é um dos nomes mais importantes revelados no cinema italiano dos últimos anos: “A Espera” (2015), sua primeira longa-metragem, é um drama intimista dominado pelas interpretações de Juliette Binoche e Lou de Laâge.

- Banda sonora: DISPAREM SOBRE O PIANISTA (1960), de François Truffaut - "Charlie", Georges Delerue

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Vila de Gavião viu-se cercada pelas chamas
    2:17
  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22