sicnot

Perfil

Cartaz

Filme dramático reúne duas divas do cinema francês

Filme dramático reúne duas divas do cinema francês

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Duas das mais talentosas divas do cinema francês contracenam no drama “Duas Mulheres, um Encontro”. João Lopes comenta as novidades nas salas, destacando também a edição em Blu-ray de um dos títulos marcantes de 2016: “Silêncio”, de Martin Scorsese.

Duas actrizes veteranas, Catherine Deneuve e Catehrine Frot, dominam “Duas Mulheres, um Encontro”, drama escrito e dirigido por Martin Provost — um caso exemplar de um certo cinema francês que se mantém fiel às regras clássicas do melodrama.

Encenador ligado ao teatro e à ópera, Luc Bondy (1948-2015) terminou a sua carreira cinematográfica com “As Falsas Confidências”, uma adaptação da peça de Marivaux sobre os equívocos amorosos, agora transposta para o séc. XXI — com Isabelle Huppert e Louis Garrel.

“A Vida em Espera”, de Robin Swicord adapta um conto de E. L. Doctorow, centrado num homem que abandona a família, mas que se mantém a viver à frente de sua casa, sem que ninguém saiba do seu paradeiro — com Bryan Cranston no papel central.

A saga de Homem-Aranha continua através de um filme dirigido por Jon Watts, com o jovem Tom Holland (apenas 21 anos) a assumir o papel do super-herói. Desta vez, o “mau da fita” é interpretado por Michael Keaton.

No DVD e Blu-ray, a grande novidade é “Silêncio”, sobre os missionários portugueses no Japão, no séc. XVII — um filme pessoalíssimo de Martin Scorsese sobre os complexos caminhos da fé. A edição inclui um pequeno documentário sobre a gestação do projecto.

* Banda sonora: “Aguenta-te aos 40!” (2012), de Judd Apatow > "Dull Tool", Fiona Apple

  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31