Layer 4.jpg

Contas Poupança

4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

REPETE: SÁBADO 7:20, DOMINGO 9:20, TERÇA 9:45

Contas Poupança

Empresa portuguesa simplifica compras com descontos

Empresa portuguesa simplifica compras com descontos

Centenas de milhares de portugueses já usam sites de compras coletivas. São páginas na internet onde podem encontrar restaurantes, cabeleireiros, massagens, hotéis, cinema ou teatro com descontos que podem chegar aos 70% ou mais. É um processo que implica pagar antecipadamente e que só pode usar quando houver vagas. Como para alguns ainda é um processo complicado, uma empresa portuguesa decidiu tornar as compras com desconto muito mais rápidas e mais simples. O Contas-poupança mostra-lhe o que está a mudar no mundo dos descontos em Portugal.

  • "Bebemos a água que escorria das rochas"

    Mundo

    Os 12 rapazes e o treinador que ficaram presos numa gruta na Tailândia durante 18 dias revelaram hoje alguns pormenores de como sobreviveram, na primeira conferência de imprensa.

  • Ora Eça!

    Opinião

    Eça, o meu conterrâneo que se definia como sendo "apenas um pobre homem da Póvoa de Varzim" não haveria de gostar de nada que fosse obrigatório. Durante décadas, Os Maias lá estiveram, quem sabe numa progressista lista pós-revolução, dada a natureza "sexual e incestuosa" da obra. Sai dessa lista agora. Claro que sai. "Ninguém" gostava de "ter de" ler Os Maias.

    Pedro Cruz

  • "Os Maias" deixam de ser leitura obrigatória no secundário

    País

    Obras como "Os Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", de Eça de Queirós, vão deixar de ser de leitura obrigatória no ensino secundário a partir do próximo ano letivo. Os alunos deixam de ter indicação de uma obra específica para ler, passando o professor a escolher livremente uma obra de cada autor. O objetivo é fazer face aos programas extensos.

  • Marcelo assinala "passos importantes" na Cimeira da CPLP
    2:16