sicnot

Perfil

E se fosse consigo?

"E se fosse consigo?" Maus-tratos a idosos

PROGRAMA COMPLETO

"E se fosse consigo?" Maus-tratos a idosos

Os maus-tratos a idosos é o tema desta semana do programa da SIC "E se fosse consigo?". Veja as reações das pessoas perante insultos e maus-tratos de uma cuidadores de um idoso.

  • Maus-tratos a idosos em debate
    22:43

    E se fosse consigo?

    O programa "E se fosse consigo?" desta semana fala sobre os maus-tratos a idosos. Como convidados para o debate da SIC Notícias estiveram: os voluntários José Diogo Lopes e Maria Graça Gambino e a investigadora na área do envelhecimento, Sibila Marques.

  • "E Se Fosse Consigo?", "Nós também vamos lá chegar"
    3:29

    idosos maltratados

    E quando a família não sabe ou não quer saber dos seus mais velhos? Ou quando é a própria família a maltratá-los? As vítimas estão muitas vezes debaixo do mesmo teto dos agressores. São filhos, são netos, são familiares próximos. E se for em plena rua à vista de todos, alguém estaria disposto a ajudar? Fizemos a experiência. Numa rua movimentada, um idoso em cadeira de rodas, aparentemente desprotegido, é insultado pela pessoa que deveria cuidar dele. Quem está disposto a ajudá-lo? E se fosse consigo?

  • "E Se Fosse Consigo?", "Tenho em casa uma tia com 100 anos e não a trato assim!"
    2:18

    idosos maltratados

    Será que há uma idade em que o respeito deixa de existir? Quando um idoso sofre, alguém o ouve? Fizemos a experiência. Dois atores num jardim público. Um idoso numa cadeira de rodas é maltratado, insultado pela mulher que o tem ao seu cuidado. Muitos presenciaram a cena, quase todos ouviram. Mas quantos fazem alguma coisa? E se fosse Consigo? Estava disposto a ouvir e agir, ou ouvia e seguia o seu caminho?

  • "E Se Fosse Consigo?", "Não precisa de estar a tratar assim o senhor, não acha?"
    2:59

    idosos maltratados

    Quantos já se interrogaram sobre como os mais velhos são tratados? Muitas vezes são vítimas em casa, em casa dos filhos, em lares e também quando saem à rua. Se visse um idoso ser maltratado, fazia alguma coisa ou fingia não ver?Fomos para a rua fazer a experiência com dois atores. À vista de todos, um idoso em cadeira de rodas é maltrado por quem dele deve cuidar. Será que alguém está disposto a ajudar? E se fosse consigo? Fazia alguma coisa?

  • "E Se Fosse Consigo?", " A maioria esquece-se que também tem pais e avós..."
    2:41

    idosos maltratados

    Será que cuidamos bem dos mais velhos? Será que nos lembramos deles? Sabemos reconhecer os maus-tratos? Quem está preparado e interessado em agir? A experiência foi feita com dois atores. Um idoso em cadeira de rodas é maltratado pela mulher que devia cuidar dele. A cena passa-se em plena rua, num jardim público, aos olhos de quem passa. E se fosse consigo? Conseguia ficar indiferente?

  • Entrevista alargada a Mónica Almas e Conceição Almas
    3:47

    idosos maltratados

    Mónica e Conceição vivem em Lisboa. As duas irmãs nascidas e criadas entre os montes e a vila do Alandroal são as que "sobram" de uma família fugida da dureza do trabalho campo, que veio para a capital há mais de 70 anos. Nunca casaram. Inseparáveis em vida, pensam, falam na morte. Gostavam de voltar à terra, ao Alentejo onde nasceram. É lá que querem morrer, ao "pé dos pais".

  • Entrevista alargada a Maria Sentiz Dias
    4:15

    idosos maltratados

    "Nunca pensei sofrer tanto depois de velha". Maria nem sempre teve uma vida fácil mas depois de o marido morrer ficou sozinha a enfrentar as dificuldades. A neta começou a ser rebelde ainda adolescente mas o tormento veio mais tarde, quando ela trouxe o namorado para casa. Das palavras violentas às ameaças e à agressões foi curta a distância e só depois da intervenção do tribunal voltou a sentir-se segura.

  • Entrevista alargada a Cristina Bentes Ferreira
    5:42

    idosos maltratados

    Quando em 2013 pediu ajuda ao único familiar que lhe restava, Cristina nunca pensou viver o pesadelo que não hesita em recordar. Diz que se viu prisioneira num lar, sem documentos, sem contacto com o mundo exterior e só ao fim de dois anos conseguiu libertar-se. Preparou um plano para conseguir regressar a casa e afastou o familiar da vida dela.

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.