sicnot

Perfil

Famílias Vintage

Os Poças

FAMÍLIAS VINTAGE

Os Poças

A família Poças é uma ilustre desconhecida do grande público. No entanto, a empresa exporta 95% do seu vinho do Porto. Foi só em 1960 que os Poças fizeram o seu primeiro vintage, uma conquista dos netos do fundador da empresa, que conseguiram convencer o avô de que a produção de vintage não era só para as famílias inglesas. Esta é a última da série de reportagens dedicada às Famílias Vintage.

  • Conheça os Guedes, donos do vinho do Porto Ferreira
    8:32

    Famílias Vintage

    O Jornal da Noite estreou esta quinta-feira a rubrica "Famílias Vintage". Trata-se de uma série de reportagens sobre as famílias que mais têm contribuído para a história do vinho do Porto. O destaque desta reportagem vai para a família Guedes, dona da Sogrape e detentora, entre outras, da marca Ferreira.

  • Os Symington
    8:23

    Famílias Vintage

    A família Symington faz parte das "Famílias Vintage" do negócio do vinho do Porto. No Douro, são a mais antiga das famílias inglesas. O negócio sobreviveu a duas guerras mundiais.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.