sicnot

Perfil

Grande Reportagem Interativa

JULIANA PAES, O BRASIL NO SANGUE

JULIANA PAES, O BRASIL NO SANGUE

Poucos são os países com um mosaico cultural tão rico como o Brasil e poucas são as atrizes com uma raíz genealógica tão diversificada como Juliana Paes. Pelo corpo da atriz corre sangue árabe, negro, indígena, espanhol e português. A mistura resultou numa das mulheres mais sexys do mundo em 2006 e 2007, de acordo com a revista VIP, e numa das 100 personalidades mais sensuais do planeta em 2006, segundo a revista norte-americana People. Modelo e atriz, Juliana Paes entrou na Rede Globo em 1998, como figurante da série "Malhação", e impôs-se como uma das atrizes mais requisitadas do Brasil. Em 2009 conquistou o seu primeiro papel de protagonista, na telenovela "Caminho das Índias" e em 2012 foi Gabriela, no remake de "Gabriela, Cravo e Canela".

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.