sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

Como estão hoje os concorrentes do Peso Pesado?

Em 2011, a SIC estreava um novo formato de programa: o Peso Pesado.

VANESSA e Fábio entraram no programa unidos pelo desejo de perder os quilos a mais…

VANESSA e Fábio entraram no programa unidos pelo desejo de perder os quilos a mais…

Susana saiu do programa com 117kg, será que continuou a perder peso?

Susana saiu do programa com 117kg, será que continuou a perder peso?

A grande motivação de Filipe para perder peso era o filho, Bernardo.

A grande motivação de Filipe para perder peso era o filho, Bernardo.

A batalha por uma vida mais saudável apaixonou o público e provocou o debate sobre um tema que afeta cada vez mais portugueses: a obesidade.

Dez mil pessoas candidataram-se e vinte foram selecionadas.

No fim do programa, os participantes perderam mais de meia tonelada de peso total,  ganharam auto estima  e passaram a acreditar que era possível mudar de vida.

Neste Perdidos e Achados vamos saber como está o casal vencedor - Vanessa e Fábio - bem como os dois participantes com mais quilos da primeira edição do programa - Susana e Filipe.

 

Jornalista: Catarina Marques

Repórter de imagem: Bernardo Bogarim

Editor de imagem: Marisabel Neto

Produção: Cláudia Araújo, Madalena Durão

Coordenação: Maria João Ruela

Direção: Alcides Vieira

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.