sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

"As Aventuras da TV"

Perdidos e Achados

A série televisiva Verão Azul está para a geração de 80, como os Pequenos Vagabundos para as crianças e adolescentes da década anterior.

"Verão Azul" estreou em 1982.

"Verão Azul" estreou em 1982.

Nos anos 70 a série "Pequenos Vagabundos" preencheu o imaginário de inúmeros adolescentes.

Nos anos 70 a série "Pequenos Vagabundos" preencheu o imaginário de inúmeros adolescentes.

Em 1982 quando estrearam as aventuras e desventuras dos 7 amigos em férias na praia, tanto rapazes como raparigas ficaram presos ao écran desde o primeiro episódio.

Verão Azul, foi revolucionário para época. As personagens falavam abertamente de questões pouco comuns em televisão, algumas até tabu, entre pais e filhos

Episódios sobre a morte ou a sexualidade, tornaram-se emblemáticos da série.

 Dez anos antes, também os Pequenos Vagabundos preencheram o imaginário de inúmeros adolescentes. Nos longínquos anos 70, quando Portugal hesitava ainda entre a ditadura e democracia, os mistérios e aventuras juvenis, abriam portas à liberdade e à descoberta de outros mundos.

Numa altura em que a tecnologia permitia apenas a existência de dois canais de televisão, era impensável que algum dia fosse possível fazer gravações ou rever cenas perdidas, por isso falhar um episódio era um verdadeiro tormento para os mais novos.

No próximo sábado, no Perdidos e Achados reencontramos os jovens de então, agora adultos, que contam porque não esqueceram as séries que marcaram a sua adolescência.

E reencontramos também os heróis de outros tempos. Alguns dos miúdos que protagonizaram os Pequenos Vagabundos  e o Verão Azul nos anos 70 e 80.

 

 

 Jornalista: Isabel Osório

Repórter de imagem: Nuno Fróis

Editor de imagem: Rui Félix

Produção: Cláudia Araújo, Madalena Durão

Coordenação: Maria João Ruela

Direção: Alcides Vieira

 

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.