sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

''A Banqueira do Povo''

Maria Branca dos Santos mais conhecida por Dona Branca manteve um esquema bancário clandestino durante décadas. A quem lhe confiasse as poupanças garantia juros de 10 por cento ao mês, 120 por cento ao ano. O negócio rolou sem percalços até aos anos 80.

Foi há 25 anos, em fevereiro de 1990, que Maria Branca dos Santos foi condenada a 10 anos de prisão.

Foi há 25 anos, em fevereiro de 1990, que Maria Branca dos Santos foi condenada a 10 anos de prisão.

O escândalo estalou, em 1983, quando o jornal ''O Tal e Qual'' revelou ao país e ao mundo quem era e o que fazia a banqueira.

Em pouco tempo as autoridades começaram a investigar, os depositantes a perder confiança e o esquema bancário não tardou a ruir.

A ''Banqueira do Povo'', foi assim que ficou para a história, foi condenada em 1990 a 10 anos de prisão pelos crimes de burla agravada, emissão de cheques falsos e associação de malfeitores. A justiça acabou por condoer-se com a idade avançada e o estado de saúde e reduziu-lhe a pena.

2 anos depois saiu em liberdade mas acabou doente, sozinha, na miséria e morreu num lar em 1992, tinha 90 anos.

As autoridades nunca conseguiram saber ao certo o número de pessoas que perderam dinheiro na Dona Branca e também nunca se chegou a saber quantos ficaram ricos à conta da ''Banqueira do Povo'' - Esse foi também o título da novela baseada na vida da banqueira cuja história permanece para além do tempo...


Jornalista : Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: José Silva

Edição de Imagem: Rui Rocha 

Produção:  Cláudia Araújo, Madalena Durão

Coordenação: Maria João Ruela

Direção: Alcides Vieira

  • Marcelo e Costa unidos contra contagem do tempo integral de serviço
    2:45

    País

    Em menos de 24 horas, o Presidente da República e o primeiro-ministro deram publicamente sinais de que estão unidos contra a contagem de todo o tempo de serviço de professores e outros agentes do Estado para efeitos salariais. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa disseram que essa possibilidade é uma ilusão e que o país não tem condições para voltar aos níveis anteriores à crise.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.