sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

''As Cores de Macau''

Às zero horas do dia 20 de dezembro de 1999, chegava ao fim quase 500 anos de administração portuguesa em Macau.

No dia 20 de Dezembro de 1999, chegava ao fim quase 500 anos de administração portuguesa em Macau.

No dia 20 de Dezembro de 1999, chegava ao fim quase 500 anos de administração portuguesa em Macau.

Pelo menos até 2049 Macau vai continuar ao abrigo do princípio ''um país dois sistemas''.

Pelo menos até 2049 Macau vai continuar ao abrigo do princípio ''um país dois sistemas''.

Nesse dia, a última jóia europeia no oriente era entregue por Jorge Sampaio ao então presidente da República Popular da China, Jiang Zemin.

O território passava para a soberania chinesa. As cores de Macau mudavam.

Pelo menos até 2049 Macau vai continuar ao abrigo do princípio ''um país dois sistemas'', ou seja, durante mais 34 anos não se aplicam as políticas socialistas e mantém-se inalterado o sistema capitalista, bem como o estilo de vida anteriormente existente.

No próximo Perdidos e Achados, voltámos a Macau, 16 anos após a transição, para perceber o que mudou nesta Região Administrativa Especial.

Uma viagem no tempo com testemunhos de quem ainda continua a viver em Macau.

Jornalista: Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: Rui do Ó

Edição de Imagem: João Nunes

Produção: Sandra Cadeireiro, Cláudia Araújo

Coordenação: Maria João Ruela

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15