sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

''As Cores de Macau''

Às zero horas do dia 20 de dezembro de 1999, chegava ao fim quase 500 anos de administração portuguesa em Macau.

No dia 20 de Dezembro de 1999, chegava ao fim quase 500 anos de administração portuguesa em Macau.

No dia 20 de Dezembro de 1999, chegava ao fim quase 500 anos de administração portuguesa em Macau.

Pelo menos até 2049 Macau vai continuar ao abrigo do princípio ''um país dois sistemas''.

Pelo menos até 2049 Macau vai continuar ao abrigo do princípio ''um país dois sistemas''.

Nesse dia, a última jóia europeia no oriente era entregue por Jorge Sampaio ao então presidente da República Popular da China, Jiang Zemin.

O território passava para a soberania chinesa. As cores de Macau mudavam.

Pelo menos até 2049 Macau vai continuar ao abrigo do princípio ''um país dois sistemas'', ou seja, durante mais 34 anos não se aplicam as políticas socialistas e mantém-se inalterado o sistema capitalista, bem como o estilo de vida anteriormente existente.

No próximo Perdidos e Achados, voltámos a Macau, 16 anos após a transição, para perceber o que mudou nesta Região Administrativa Especial.

Uma viagem no tempo com testemunhos de quem ainda continua a viver em Macau.

Jornalista: Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: Rui do Ó

Edição de Imagem: João Nunes

Produção: Sandra Cadeireiro, Cláudia Araújo

Coordenação: Maria João Ruela

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.