sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

O Assalto à “Santa Maria”

A 20 de janeiro de 1961, precisamente há 55 anos e um mês, Camilo Mortágua, figura incontornável da resistência contra o regime de Salazar, embarcou no paquete 'Santa Maria', no porto venezuelano de La Guaira para levar a cabo um ato inédito: O desvio de um dos navios mais importantes da marinha mercante portuguesa.

O 'Santa Maria' foi desviado em 1961 por um grupo de homens, portugueses e espanhóis, com o objectivo de derrubar as ditaduras de Salazar e Franco.

O 'Santa Maria' foi desviado em 1961 por um grupo de homens, portugueses e espanhóis, com o objectivo de derrubar as ditaduras de Salazar e Franco.

Camilo Mortágua, figura mítica da resistência armada, foi um dos homens que desviou o paquete 'Santa Maria'.

Camilo Mortágua, figura mítica da resistência armada, foi um dos homens que desviou o paquete 'Santa Maria'.

O paquete, embandeirado em arco, à chegada a Lisboa no fim do sequestro a 16 de Fevereiro de 1961.

O paquete, embandeirado em arco, à chegada a Lisboa no fim do sequestro a 16 de Fevereiro de 1961.

Camilo Mortágua integrava um grupo que tinha como missão pôr em prática o plano traçado pelo capitão Henrique Galvão e pelo

General Humberto Delgado.

Longe vão os tempos dessas andanças pela liberdade...

Hoje, na pacatez alentejana do Alvito, Camilo Mortágua recorda as águas agitadas de um episódio que marca a História do país.

Para além deste testemunho fundamental, descobrimos outras pessoas que estavam a bordo quando o navio foi assaltado e

que vão contar como foi, no próximo Perdidos e Achados.

Jornalista: Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: Filipe Ferreira

Edição de Imagem: João Nunes

Produção: Cláudia Araújo, Madalena Durão

Coordenação: Pedro Mourinho

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.