sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

Músicas da Nossa Infância

Na semana em que se celebrou o Dia Mundial da Criança, o Perdidos e Achados faz uma viagem pelo universo das músicas infantis.

Na semana em que se celebrou o dia mundial da criança o Perdidos e Achados faz uma viagem pelo universo das músicas infantis.

Na semana em que se celebrou o dia mundial da criança o Perdidos e Achados faz uma viagem pelo universo das músicas infantis.

O Perdidos e Achados desafiou Barata Moura para cantar numa escola.

O Perdidos e Achados desafiou Barata Moura para cantar numa escola.

Os 3 filhos de Ana Fariacantavam com a mãe e ficaram conhecidos ficaram conhecidos como "Queijinhos Frescos"

Os 3 filhos de Ana Fariacantavam com a mãe e ficaram conhecidos ficaram conhecidos como "Queijinhos Frescos"

O "Avô Cantigas" está quase a fazer 35 anos de carreira.

O "Avô Cantigas" está quase a fazer 35 anos de carreira.

Há músicas e cantores que marcaram gerações e que continuam a fazer parte do imaginário colectivo. Alguns são intemporais, como José Barata Moura autor de um vasto e rico espólio musical para crianças.

Impossível saber quantas terão sido as crianças que viram o fundo ao prato ao ritmo da canção 'Joana come a papa'. Sabia que a letra da música foi mesmo inspirada numa Joana que não gostava de comer a papa?

Este sábado no Jornal da Noite, mergulhamos no universo mágico de Barata Moura e de outros cantores como Ana Faria e Carlos Vidal (o 'avô cantigas') que fazem parte do património das músicas da nossa infância.

Uma reportagem para ver, ouvir e saborear por miúdos e graúdos.

Jornalista: Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: João Lúcio

Edição de imagem: Ana Rita Sena

Produção: Madalena Durão

Coordenação: Luís Marçal

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.