sicnot

Perfil

perdidos e achados.png

Perdidos e Achados

SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

Perdidos e Achados

O Sol da Caparica

O Sol da Caparica

Agora que as férias começam para a maioria dos portugueses, o Perdidos e Achados regressa ao verão de outras décadas. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores atraves da Fundação Nacional Alegria no Trabalhao. A máquina da propaganda criava a ilusão de um país exemplar e proporcionando 15 dias descanso em colonias de ferias espalhadas pelo país. A maior ficava na Costa de Caparica e chamava-se "Um Lugar ao sol". Recebia entre junho e setembro cerca 10 mil pessoas. No Perdidos e Achados reencontramos muitos dos que ali passaram férias, e outros que lá trabalharam varios anos. Onde existiu em tempos "Um Lugar Sol", hoje encontramos o complexo do INATEL da Costa da Caparica.

  • Coreia do Norte foi "isolada à força"

    Mundo

    O empresário espanhol León Smit, que organiza visitas à Coreia do Norte, diz que o país foi "isolado à força", sendo "muito difícil" estabelecer relações comerciais com Pyongyang, sob o regime de Kim Jong-un.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite