sicnot

Perfil

Perdidos e Achados

Velejadores olímpicos

A primeira vitória olímpica de Portugal na modalidade de vela foi conquistada em 1948 pelos irmãos, Duarte Bello e Fernando Bello que ganharam a medalha de prata nos jogos de Londres. Quatro anos mais tarde, em 1952, nos jogos de Helsínquia Joaquim Fiúza e Rebelo de Andrade trazem o Bronze para Portugal.

Em 1960, mais uma medalha de prata é conquistada na olimpíada de Roma, desta feita pela dupla de irmãos Mário Quina e José Quina.

Após a medalha dos irmãos Quina a vela portuguesa faz uma longa travessia, de 36 anos, sem medalhas olímpicas.

A modalidade só volta a ascender ao pódio em Atlanta, em 1996, quando Hugo Rocha e Nuno Barreto conseguem deitar as mãos ao bronze.

A cerca de um mês do arranque dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro recordamos as histórias vitoriosas dos irmãos Mário e José Quina e da dupla Hugo Rocha e Nuno Barreto.

No Rio 2016 vão participar 5 atletas portugueses na modalidade de vela. O desejo do país é que os ventos soprem de feição e ajudem na conquista de medalhas.

Uma reportagem a não perder no próximo Perdidos e Achados.

Jornalista : Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem : Rui do Ó

Edição de Imagem: Rui Félix

  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19