sicnot

Perfil

Perdidos e Achados

Cinquenta dias no deserto

Cinquenta dias no deserto

A Frente Polisário trava uma batalha pela independência do Saara Ocidental há mais de quatro décadas. Ao longo dos anos abandonaram a luta armada mas fizeram vários reféns para chamar a atenção do mundo para a causa da autodeterminação dos Saaraui. Em 1980, um grupo de 15 pescadores portugueses foi sequestrado enquanto pescava na região. Não sofreram qualquer tipo de violência mas tiveram de passar 50 dias no deserto. O Perdidos e Achados falou com o único pescador que ainda é vivo e recorda toda a história.

O longo cativeiro dos pescadores só terminou após um processo negocial complexo que implicou o envolvimento de muita gente influente.

Em 1984, Marrocos deixou a União Africana quando a República Árabe Saaraui Democrática foi incluída como novo membro da organização.

Passados 33 anos, no início de 2017, Marrocos volta a integrar a União Africana mas a resolução do diferendo continua a ser um miragem no deserto.

O Perdidos e Achados falou com o único pescador que ainda é vivo, com o fotógrafo e jornalista que acompanharam toda a situação e com outras pessoas que recordam toda a história.

Jornalista - Patrícia Mouzinho

Repórter de imagem - Rui do Ó, Jorge Ramalho

Edição de Imagem - Marisabel Neto

Produção - Madalena Durão, Gonçalo Lopes

Coordenação - Luís Marçal

Direção - Ricardo Costa

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43