sicnot

Perfil

Perdidos e Achados

Responsável pela Comissão de Extinção da PIDE dedica-se à apicultura

Exclusivo Online

Responsável pela Comissão de Extinção da PIDE dedica-se à apicultura

Aos 73 anos, Sousa e Castro, antigo Capitão de Abril e responsável pela Comissão de Extinção da PIDE, dedica-se à apicultura.

Sousa e Castro integra a Comissão Coordenadora do Movimento dos Capitães um ano antes da Revolução de Abril. O Capitão de Abril participa na organização da operação militar que põe fim a 48 anos de regime ditatorial.


Em entrevista à SIC, Sousa e Castro recorda o papel e a importância da Polícia Internacional e de Defesa do Estado português, a propósito da fuga da prisão de Vale de Judeus de 89 antigos agentes da PIDE/DGS, no dia 29 de junho de 1975.

Sousa e Castro coordenou a Comissão de Extinção da PIDE durante os 7 anos a seguir à fuga.

  • A fuga dos PIDES
    20:08

    Perdidos e Achados

    A 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, o Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal.

  • "Havia um incómodo em lidar com o problema dos PIDES"
    1:57

    Perdidos e Achados

    O historiador Fernando Rosas era "militante a tempo inteiro" do MRPP , como gosta de dizer, quando chega dia 25 de Abril de 1974. Critica a forma como os antigos agentes da Polícia Internacional e de Defesa do Estado, a PIDE, são julgados. Diz que o "tribunal militar decorreu de forma infame". Preso antes e depois da Revolução, Fernando Rosas diz que a fuga dos antigos agentes da PIDE da cadeia de Vale de Judeus, no dia 29 de junho de 1975, nunca foi devidamente investigada.

  • "Quem acabou com a PIDE foi o povo"
    1:21

    Perdidos e Achados

    O historiador Fernando Rosas era "militante a tempo inteiro" do MRPP , como gosta de dizer, quando chega dia 25 de Abril de 1974. Critica a forma como os antigos agentes da Polícia Internacional e de Defesa do Estado, a PIDE, são julgados. Diz que o "tribunal militar decorreu de forma infame".Preso antes e depois da Revolução, Fernando Rosas diz que a fuga dos antigos agentes da PIDE da cadeia de Vale de Judeus, no dia 29 de junho de 1975, nunca foi devidamente investigada.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00