sicnot

Perfil

Portugal Desigual

Portugal Desigual (episódio 2)

Portugal Desigual (episódio 2)

Sente-se no bolso e no dia-a-dia: o programa de ajustamento obrigou os portugueses a apertarem o cinto e as consequências começam a ser conhecidas. A Fundação Fracisco Manuel dos Santos cruzou dados estatísticos e disponibiliza aquele que é o mais completo estudo sobre as implicações da presença da troika no nosso país. A SIC associou-se ao projecto e mostra-lhe de que forma é que a crise foi sentida em Portugal e num dos países mais desenvolvidos da Europa.

  • Portugal Desigual (episódio 1)
    15:43

    Portugal Desigual

    De forma mais ou menos intensa, todos os portugueses sentiram, e sentem ainda, as consequências do programa de ajustamento a que o país esteve sujeito. Mas quem sofreu mais com este "apertar do cinto"? Os mais pobres foram, de facto, mais poupados a sacrifícios? E a classe média, como é que pagou a crise?

  • Portugal durante a crise
    1:39

    Portugal Desigual

    A crise financeira entre 2009 e 2014 afectou especialmente os mais pobres. Um estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos, à qual a SIC e o Expresso se associaram, mostra que quem tinha menos foi quem mais sofreu durante os anos da troika.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".