sicnot

Perfil

regresso ar mar.png

Regresso ao Mar

5ª FEIRA 1:30

Regresso ao Mar

Regresso ao mar: Portugal e a pesca do bacalhau

Regresso ao mar: Portugal e a pesca do bacalhau

Vem de longe, e sofreu um acentuado declínio devido à sobrepesca, mas continua a ser um dos pratos nacionais. Portugal é o maior consumidor de bacalhau do mundo, responsável por mais de 30% do consumo global, como no mostra o "Regresso ao Mar".

  • Será a aquacultura a solução para se continuar a comer peixe fresco?
    2:09

    Regresso ao Mar

    A aquacultura tem sido apontada como uma solução, perante o declínio de espécies oceânicas. Contudo, a própria aquacultura tem contribuído para a intensiva exploração dos recursos pesqueiros. O terceiro episódio da série documental "Regresso ao Mar", realizada por Francisco Manso, pode ser visto logo à noite, às 01:30, na SIC Notícias.

  • Regresso ao mar: algumas das espécies mais pescadas em Portugal
    1:54

    Regresso ao Mar

    Portugal é o terceiro maior consumidor de peixe por habitante, a nível mundial, só ultrapassado pela Islândia e pelo Japão. E é precisamente para o Japão que armadores do Algarve poderão começar a exportar polvo vivo. O segundo episódio da série documental "Regresso ao Mar" realizada por Francisco Manso pode ser visto logo à noite, às 01:30 na SIC Notícias.

  • Regresso ao mar, nova série na SIC Notícias
    1:50

    Regresso ao Mar

    Da pesca à investigação científica aplicada à aquacultura, passando pela biotecnologia, Portugal está a voltar a investir no mar, e tem como objetivo aumentar o peso da economia azul no produto interno bruto nacional, pelo menos para 4,5% até 2020. A partir de hoje, às quintas-feiras, vamos voltar-nos para o oceano, com reportagens e diretos, na SIC e na SIC Notícias, e mais conteúdos no site da SIC Notícias, a propósito da exibição de "Regresso ao Mar", uma série promovida pelo Fórum Oceano e realizada por Francisco Manso.

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.