sicnot

Perfil

re.jpg

Reportagem Especial

Jornal da Noite

Reportagem Especial

A vida que não quero para mim

A vida que não quero para mim

Com o fim do Casal Ventoso nasceram novas salas de chuto espalhadas pela capital. A Reportagem Especial fez uma viagem pelos bairros onde se consome e trafica a céu aberto.

Pedro Freitas - Jornalista

Pedro Góis - Repórter de Imagem

Rui Rocha - Editor de Imagem

Sérgio Maduro - Grafismo

Octaviano Rodrigues- Pós Produção Audio

Marta Reis - Coordenadora

Ricardo Costa - Diretor de Informação

  • "Sala de chuto" custaria 300 mil euros por ano
    0:49

    País

    O diretor do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências garante que com 300 mil euros por ano é possível instalar e fazer a manutenção de uma sala de consumo assistido. Na SIC Notícias, João Goulão sublinhou ainda que a existência deste dispositivo está aprovada por lei. 

  • A vida que não quero para mim
    0:38

    Reportagem Especial

    Entram e saem a toda a hora à procura do mesmo. Um frenesim de autodestruição a céu aberto. Lourenço, nome fictício, é advogado e vem para mais um chuto na vida. Sabe identificar, como poucos, quem consome e quem trafica: "vou a vários bairros, todos os dias, à procura de quem tem a melhor", diz em tom firme, sem hesitar.

  • Morreu o companheiro de Nelson Mandela

    Mundo

    Ahmed Kathrada, activista e ícone sul-africano que lutou ao lado de Mandela contra o "apartheid" morreu hoje aos 87 anos, informou a fundação de caridade Kathrada.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Vidas Suspensas: Delfim 353
    29:30
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.