sicnot

Perfil

Grande Reportagem SIC

"A Rússia de Putin" na Grande Reportagem

Hoje no Jornal da Noite

"A Rússia de Putin" na Grande Reportagem

Ha 15 anos que Vladimir Putin domina o poder na Rússia. A intervenção na Síria insere-se na forma como encara o poder: a ameaça externa une a nação, alimenta-lhe uma popularidade que atinge os 90%. Este ano a revista Forbes elege Putin como o homem mais poderoso do mundo, pelo 3º ano consecutivo.Mas a vida quotidiana dos russos é actualmente confrontada com uma crise económica agravada pelas sanções. A Grande Reportagem SIC foi conhecer a "Rússia de Putin".

  • Grande Reportagem foi conhecer "A Rússia de Putin"
    0:39

    Grande Reportagem SIC

    Há 15 anos que Putin domina a Rússia onde tem exercido o poder de presidente ou de primeiro ministro. Trata-se do maior país do mundo, cruza dois continentes, a Europa e a Ásia ao longo de 9 fusos horários. Putin pratica um poder vertical, estimula o orgulho na pátria russa e desafia o ocidente. Depois do conflito na Ucrania, envolve-se na dramática situação na Síria.

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.