sicnot

Perfil

Grande Reportagem SIC

A verdade sobre a mentira

SIC

"Uma mentira pode dar a volta ao mundo, enquanto a verdade calça os seus sapatos" O suposto apoio do Papa a Donald Trump. O santo Padre que teria cancelado a viagem a Portugal. A alegada ligação entre Hillary Clinton e um agente do FBI que se suicidou. Manifestantes pagos para protestarem contra o presidente dos Estados Unidos da América. Refugiados apontados como terroristas. Migrantes e abusos sexuais na Alemanha. O hino de Portugal e a possibilidade de uma nova versão, mais atual. Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade.

São notícias falsas fabricadas com o registo de sátira, ou por motivos financeiros e políticos.

As “Fake News”, mais que tudo, vão ao encontro das expectativas e emoções de quem as lê.

A Grande Reportagem "A verdade sobre a mentira" mostra quem as faz e quem as partilha, coloca em cima da mesa os riscos para a democracia, assinala os desafios e aponta aquele que pode vir a ser o caminho, numa rede onde "Uma mentira pode dar a volta ao mundo, enquanto a verdade ainda está a calçar os sapatos".

Para ver esta quinta-feira, no Jornal da Noite da SIC

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC