sicnot

Perfil

Grande Reportagem SIC

Acredita em tudo o que lê na Internet?

Hoje no Jornal da Noite

Acredita em tudo o que lê na Internet?

O suposto apoio do Papa a Donald Trump. O santo Padre que teria cancelado a viagem a Portugal. A alegada ligação entre Hillary Clinton e um agente do FBI que se suicidou. O hino de Portugal e a possibilidade de uma nova versão, mais atual. Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade.

São notícias falsas fabricadas com o registo de sátira, ou por motivos financeiros e políticos.

As “Fake News”, mais que tudo, vão ao encontro das expectativas e emoções de quem as lê.

A Grande Reportagem "A verdade sobre a mentira" mostra quem as faz e quem as partilha, coloca em cima da mesa os riscos para a democracia, assinala os desafios e aponta aquele que pode vir a ser o caminho, numa rede onde "Uma mentira pode dar a volta ao mundo, enquanto a verdade ainda está a calçar os sapatos".

Para ver esta quinta-feira, no Jornal da Noite da SIC

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.