sicnot

Perfil

Grande Reportagem SIC

Grande Reportagem - "Muros"

Esta 4ª feira no Jornal da Noite

SIC

Em ano de eleições em França e na Alemanha, a Grande Reportagem viaja por estes dois países e também pela Hungria. Procura tomar o pulso aos europeus neste ano decisivo, perceber o impacto dos refugiados no velho continente, saber dos muros reais e imaginários que se erguem.

Sérgio Melo emigrou de Castelo de Paiva para Dresden, na Alemanha. Depara-se diariamente com olhares que não apreciam a sua presença por ser estrangeiro. Dresden é a cidade onde nasceu o movimento PEGIDA contra quem não é dali.

Mickael Fernandes, filho de imigrantes portugueses já nasceu em França, Apaixonado pela politica tem visto, no norte de França, muitos votos de esquerda desviarem-se para a Frente Nacional de Marine Le Pen.

Na Hungria, há uma democracia iliberal em crescimento. O populismo do governo alimenta-se de uma propaganda anti-imigração. O muro na fronteira com a Sérvia é vigiado noite e dia por milhares de militares e policias.

No ano da queda do Muro de Berlim existiam 15 muros no mundo, hoje serão cerca de 70. Após 60 anos de União Europeia crescem dúvidas e crescem muros.

Jornalista: Cândida Pinto

Repórter de imagem: Rogério Esteves

Edição de Imagem: Andres Gutierrez

Grafismo: Patrícia Reis

Colorista: Rui Branquinho

Pós produção audio: Octaviano Rodrigues

Legendagem: Carla Costa

Consultor / Hungria: José Reis Santos

Produção: Diana Matias

Coordenação: Cândida Pinto

Direção: Ricardo Costa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23

    País

    A Proteção Civil emitiu um alerta para o tempo frio e seco e pede cuidados redobrados. As temperaturas já começaram a descer, com regiões a registarem valores negativos. No interior, podem chegar aos 5 graus negativos. Até ao Natal o tempo vai manter-se frio, seco e com ausência de chuva.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01
  • Marcelo evita "ideia de que o ano foi todo muito bom"
    3:14

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse esta sexta-feira que 2017 teve "o melhor e o pior" e que "é preciso evitar a "ideia que o ano foi todo muito bom". O Presidente da República fez estas declarações depois de António Costa ter dito que a nível económico este "foi um ano particularmente saboroso".