sicnot

Perfil

A Ruína

"Então as pessoas arriscavam as poupanças de uma vida, sabendo que os produtos não eram seguros?"

Hoje no Jornal da Noite

"Então as pessoas arriscavam as poupanças de uma vida, sabendo que os produtos não eram seguros?"

O desabafo de Valentim Santos que, juntamente com a mulher Célia, perdeu as poupanças de uma vida nos esquemas do BES. Foram emigrantes em França e Suíça durante mais de 20 anos. Hoje estão ambos desempregados. Valentim e Célia assinaram o acordo com o Novo Banco, que na prática perpetua o esquema criado pelo BES. Vamos conhecê-los na Grande Reportagem " A Ruína" que será emitida esta quinta-feira no Jornal da Noite da SIC.

  • "Custou-me muito dizer à minha família que fui enganado"
    0:38

    Grande Reportagem SIC

    Luís Marques construiu a vida em França para onde emigrou ainda criança. Trabalha desde os 16 anos na construção civil e atualmente gere uma empresa no ramo imobiliário. Em 2012 confiou num banco que lhe levou as poupanças de uma vida. "O que me fizeram foi um assalto" recorda Luís Marques, hoje presidente da Associação Movimento dos Emigrantes Lesados Portugueses. Vamos conhecê-lo na Grande Reportagem " A Ruína" que será emitida esta quinta-feira no Jornal da Noite da SIC.

  • Quem são os lesados do BES?
    4:52

    Grande Reportagem SIC

    Nesta reportagem olhamos para o que distingue cada um dos lesados do Grupo Espírito Santo. Ou seja, mostramos os tipos de produtos financeiros que o universo BES, sediado em Portugal, usou para enganar estes clientes. A estes juntam-se todos os que investiram em produtos financeiros que se revelaram de risco nos braços do Banco Espírito Santo na Suíça, Dubai, Panamá entre outros.O trabalho do jornalista da SIC Pedro Coelho antecede aquele que será o tema da Grande Reportagem "A Ruína", para ver brevemente na SIC.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27