A Ruína

"Nunca pedi um tostão emprestado. O dinheiro que o BES me tirou era meu"

5.ª feira no Jornal da Noite

"Nunca pedi um tostão emprestado. O dinheiro que o BES me tirou era meu"

Francisco Fonseca é o protagonista principal da Grande Reportagem "Saco Azul" que vai ser emitida esta semana. O BES ficou-lhe com 1,7 milhões de euros. Dinheiro que caiu no saco azul da instituição gerida por Ricardo Salgado.


"Saco Azul", a quarta Grande Reportagem associada ao universo BES, dá um passo em direção ao mundo Espírito Santo Enterprises, a entidade que Ricardo Salgado terá usado para tentar administradores e diretores do GES e do BES, empresários e políticos. Através da história de Francisco Fonseca, um empresário do Porto, aproximamo-nos daquela que pode ter sido a forma usada para financiar um saco sem fundo que terá alimentado o poder e a influência de uma marca que não sobreviveu, depois de 145 anos de história.

  • Onde foi parar o dinheiro do empresário Francisco Fonseca?
    2:43

    Grande Reportagem SIC

    Francisco Fonseca, 77 anos, empresário. Ao longo da vida foi investindo e acumulando. Depositou no Banque Privée Espírito Santo, na Suíça a maior parcela dessa poupança. Um milhão e 700 mil euros. O dinheiro saiu da Suíça para a conta à ordem na sucursal do banco, no Porto. Mas perdeu-se pelo caminho. Onde terá ido parar? É esse o mistério que a SIC tenta desvendar. Veja a história de Francisco Fonseca - primeira rampa de lançamento da Grande Reportagem "Saco Azul", que a SIC emite na próxima quinta feira.

  • "A minha maior vitória foi o dinheiro não me entusiasmar, por isso é que fiquei se ele"
    0:39

    A Ruína

    Francisco Fonseca tem 77 anos e é empresário do setor vidreiro. Herdou após a morte do pai, a Vidraria Fonseca que está prestes a completar 120 anos. Tem também negócios na área do imobiliário.Em 2014, decide, a conselho da gestora bancária, aplicar o dinheiro que tinha no BPES (Banco Privée Espírito Santo), na Suíça. Tinha 1 milhão e 644 mil euros. O dinheiro caiu num saco azul e desapareceu.Francisco Fonseca é o principal protagonista da próxima Grande Reportagem "Saco Azul". Para ver na próxima quinta-feira no Jornal da Noite e no site da sicnoticias.pt.

  • A Ruína - Episódio 3: Gato Escaldado
    31:02

    A Ruína

    No terceiro episódio da Grande Reportagem "A Ruína", acompanhamos a relação comercial que o Novo Banco tem mantido com os clientes emigrantes, lesados do BES. O banco, entretanto vendido aos americanos da Lonestar, apresentou um último acordo a estes clientes em pleno mês de agosto. A maioria assinou, mas desconfia. Mas nesta longa família de emigrantes lesados uns são filhos, outros enteados.

  • Por que razão o Novo Banco está "empenhado" em fazer um novo acordo com os emigrantes? Pedro Coelho explica
    3:04

    A Ruína

    O Novo Banco propôs aos emigrantes lesados um acordo que 80% assinou mas que se limita a perpetuar o esquema criado pelo BES e que enganou estes 8 mil emigrantes. Na prática só receberão as poupanças perdidas em 2051. Neste descomplicador, o jornalista da SIC, Pedro Coelho explica que acordo é este e por que razão está o Novo Banco "empenhado" em fazer um novo acordo com os emigrantes.

  • A Ruína - Episódio 1: O Conto do Vigário
    35:28

    Grande Reportagem SIC

    Oito mil emigrantes financeiramente iletrados compraram 723 milhões de euros de ações preferenciais acreditando estar a colocar o dinheiro (as poupanças de uma vida) na segurança de depósitos a prazo. Foram enganados e a Grande Reportagem explica que estratagema usou o Banco Espírito Santo para os enganar. Em Portugal e Paris, a SIC mostra os casos e conta as histórias dos lesados do BES que perderam tudo.

  • Mergulhador britânico pondera processar Elon Musk por este o ter chamado "pedófilo"

    Mundo

    Elon Musk corre o risco de ser processado por um mergulhador britânico depois de o chamar "pedófilo" na rede social Twitter. O insulto foi feito no domingo, depois Vernon Unsworth, um dos mergulhadores que participou nas operações de resgate na Tailândia, ter acusado Musk de estar a promover um "golpe publicitário" ao oferecer um submarino para o resgate.

  • Há uma praga de gaivotas no Porto
    2:13
  • Construção civil volta a crescer
    0:49

    Economia

    Depois de anos a ser um dos setores mais penalizados pela crise a construção civil voltou a crescer. Em 2017 foram licenciados quase 19 mil edifícios, um aumento de 10% em relação ao ano anterior. 

  • Novo vídeo mostra rapazes tailandeses a dizer que estão bem e a agradecer apoio
    2:07