A Ruína

Os mais jovens confiam nos bancos?

Os mais jovens confiam nos bancos?

Nas últimas semanas, a grande reportagem "A Ruína"  detalhou a forma como o banco de Ricardo Salgado conseguiu convencer oito mil emigrantes a comprarem 723 milhões de euros de produtos financeiros esculpidos pelo BES. O SMACK foi para a rua perceber se o público mais jovem confia ou não nos bancos e perceber o que fariam se, de repente, fossem às contas e não tivessem lá nada.

"A Ruína" detalhou igualmente a forma como os juízes do Tribunal Central Cível de Lisboa entenderam que os lesados não têm direito a recuperar o dinheiro investido.

Numa nova Grande Reportagem associada ao universo BES, que será emitida esta quinta-feira, "Saco Azul" conta a história de Francisco Fonseca, um empresário de 77 anos do Porto, cujas poupanças aplicadas no Banco Privée Espírito Santo terão sido usadas para financiar um saco sem fundo que terá alimentado o poder e a influência de uma marca, que acabaria por desaparecer.

Histórias de quem confiou aos bancos poupanças de uma vida de trabalho e que, de repente, se viu sem nada.

O SMACK foi para a rua perceber se o público mais jovem confia ou não nos bancos e perceber o que fariam se, de repente, fossem às contas e não tivessem lá nada.

Vê estes e outros vídeos em www.smack.pt

  • O relatório do BdP que revela desvio de mais de três mil milhões do BES
    2:30

    Queda do BES

    Ricardo Salgado e dois administradores do BES terão desviado mais de três mil milhões de euros do extinto Banco Espírito Santo, entre 2009 e 2014, através da Eurofin. As contas da sociedade do Grupo serviriam para pagar a familiares e amigos e para esconder ativos tóxicos. O esquema é explicado na acusação do Banco de Portugal, a que o Expresso teve acesso.

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48

    País

    O INEM socorreu mais de mil menores em coma alcoólico, no ano passado. Por isso, os adolescentes são o alvo da campanha lançada esta sexta-feira pelo Governo: "A bebedeira passa, o resto não!"

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • Ir ao Douro e à Nazaré
    25:57
  • O convite que causou surpresa até na Casa Branca
    2:33