sicnot

Perfil

Sociedade das Nações

A independência da Lituânia

A Lituânia celebra os 25 anos de independência da antiga união soviética. Milhares de pessoas participaram no desfile anual em Vilnius, marcado pelo debate sobre a mobilização de forças da NATO para os países bálticos, face ao conflito na Ucrânia. Nas celebrações no parlamento, a atual presidente Dalia Grybauskaite pediu aos lituanos para terem força e coragem à medida que "o ruído das armas volta a ser ouvido" vindo de leste. 

No seu discurso nas celebrações, Vytautas Landsbergis, o primeiro presidente da Lituânia após a independência, afirmou que a liberdade não pode ser considerada como um facto adquirido. "Se a agressão dos loucos é imparável e se o império quer retomar as suas antigas colónias, a nossa história de sucesso pode tornar-se temporária" advertiu Landsbergis.

Esta semana no Sociedade das Nações, o primeiro chefe de estado da Lituânia independente lembra os dias conturbados de 1990. Vytautas Landsbergis analisa as principais dificuldades depois da independência e comenta a atual situação na Ucrânia e a política de Vladimir Putin.  
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07