sicnot

Perfil

Sociedade das Nações

O futuro da Base das Lajes

O Congressista norte-americano Devin Nunes é o convidado do Sociedade das Nações desta semana. O republicano é também o presidente da Comissão de Serviços Secretos da Câmara dos Representantes, que quer estudar a transferência de bases de informações dos EUA, sediadas no Reino Unido, para as Lajes, na Ilha Terceira.

Devin Nunes acredita que as Lajes seriam um bom centro de «intelligence» para os comandos europeu e africano dos EUA, e diz que a pista continua a ser importante - se não vital - em todos os conflitos e tensões mundiais, incluindo no Médio Oriente. O lusodescendente explica que o Pentágono fez mal as contas, e que tal transferência é mais barata para o contribuinte americano do que qualquer outro plano.

A Câmara dos Representantes norte-americana aprovou este mês um orçamento que inclui uma alínea, introduzida por Devin Nunes, que suspende a retirada das Lajes até ficar provado que base açoriana não pode acolher um novo centro dos serviços de informação projetado para o Reino Unido. O documento, que determina o orçamento dos serviços de informação dos EUA, precisa ainda de ser aprovado pelo Senado e ser ratificado pelo Presidente Barack Obama.

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.