sicnot

Perfil

Sociedade das Nações

Os desafios de Moçambique

A convite de Aníbal Cavaco Silva, o presidente de Moçambique esteve recentemente em Portugal na sua primeira visita oficial fora de África. Filipe Nyusi fez-se acompanhar por uma comitiva composta por outros membros do Governo e empresários moçambicanos. Além da ligação histórica e do conhecimento mútuo dos dois países, terá certamente pesado na escolha do presidente moçambicano o facto de Portugal ser o terceiro maior investidor em Moçambique no top dos dez maiores mundiais.

Em entrevista no programa Sociedade das Nações, o chefe de estado moçambicano, empossado a 15 de janeiro, discute os principais desafios do seu mandato. O combate à corrupção, o aumento da dívida de Moçambique, que ultrapassa os seis mil milhões de dólares, e o diálogo com a oposição são alguns dos temas em destaque na entrevista a Filipe Nyusi.

Primeiro chefe de Estado moçambicano que não é parte da geração dos combatentes da luta contra o colonialismo português e com uma carreira de gestor na empresa pública Caminhos de Ferro de Moçambique, Filipe Nyusi, engenheiro de formação, ainda terá de confirmar a governação "baseada na ciência" que prometeu.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.