sicnot

Perfil

Sociedade das Nações

Quem chamou a troika?

No dia 13 de maio de 2011 o ministro de Estado e das Finanças e o governador do Banco de Portugal enviavam aos responsáveis pela Comissão Europeia, Eurogrupo, Ecofin e Banco Central Europeu, com cópia para o presidente do FMI, uma carta de intenções. Nela se pedia, a troca de profundas reformas do estado e da sociedade, um plano de auxílio financeiro para o país.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Quatro dias depois, assinava-se em Lisboa uma série de memorandos com o trio de financiadores, que condicionariam profundamente a vida portuguesa. Foi o começo da presença da chamada troika em Portugal. O Programa de Assistência Económica e Financeira terminou em maio de 2014, mas os acontecimentos de maio de 2011 foram um dos principais temas da campanha para as eleições legislativas.

Eduardo Catroga, o economista indicado pelo PSD para acompanhar, em 2011, as negociações do governo socialista com a troika é o convidado do Sociedade das Nações desta semana. O antigo ministro das finanças recorda o seu envolvimento neste processo.

  • Samaris suspenso por três jogos

    Desporto

    O internacional grego do Benfica Samaris foi castigado com três jogos de suspensão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, após ter sido instaurado um auto de flagrante delito por parte da Comissão de Instrutores.

    Em atualização

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.