sicnot

Perfil

tempo extra.jpg

Tempo Extra

3ª FEIRA 23:00

Tempo Extra

Jorge Jesus no topo do Ranking dos Treinadores

O técnico do Sporting foi o melhor da época, no Ranking dos Treinadores Tempo Extra, apesar de ter perdido o título de campeão nacional para o adversário Rui Vitória.

HUGO DELGADO

Mudou de clube, não foi campeão, mas Jorge Jesus continuou a liderar, ainda que não por muito, o ranking que tem o objectivo de estimular e promover o futebol positivo de ataque, em detrimento do antijogo.

VEJA AQUI O RANKING COMPLETO

Jesus somou 122 pontos, mais 5 que Rui Vitória, com 117. O terceiro foi Paulo Fonseca, técnico do Braga, muito longe, com 8 pontos. De fora ficou o atua treinador do FC Porto, José Peseiro, uma vez que não orientou o mínimo de 25 jogos.

A pontuação neste ranking difere consoante o resultado de cada jogo, se este é disputado em casa ou fora e o número de golos marcados.

Nesta disputa com Rui Vitória e o Benfica, ao treinador do Sporting valeram o maior número de golos marcados fora, 40 contra 36, mais valiosos no Ranking dos Treinadores - cada vitória fora com 3 ou mais golos valeu 8 pontos.

Sobre o Ranking dos Treinadores

A criação deste ranking tem o objectivo de estimular e promover o futebol positivo. Quantas vezes nos queixamos de ver equipas a não arriscar quando jogam na condição de visitantes? Quantas vezes ouvimos os treinadores acusar os seus próprios colegas de profissão de falta de ambição, de jogar para o pontinho sem sairem da sua defesa?

Quantas vezes ouvimos falar de antijogo? Pois é disso que se trata: tentar intervir junto dos treinadores, premiando a sua audácia e vontade de contribuir para um espectáculo que se pretende cada vez mais disputado e, se possível, bonito.

Privilegiar o futebol de ataque e a marcação de golos é o objectivo desta iniciativa e, quem vencer fundamentalmente fora de ‘casa’ , receberá a devida recompensa por isso, como se pode avaliar através da seguinte tabela de pontos:

Vitória Casa

2 pts

Vitória Casa = ou + 3 golos marcados

4 pts

Vitória Fora

6 pts

Vitória Fora = ou + 3 golos

8 pts

Empate Casa

-2 pts

Empate Fora

1 pts

Empate Fora a 2 golos ou +

2 pts

Derrota Casa

-8 pts

Derrota Casa = ou + 3 golos marcados

-12 pts

Derrota Fora

-6 pts

Derrota Fora = ou + 3 golos marcados

-8 pts

Fórmulas regulamentares de desempate

Em caso de igualdade pontual, vencerá o treinador que obtiver maior número de vitórias fora de casa e o maior número de golos obtidos na condição de visitante.

Se mesmo assim persistir a igualdade, vencerá o treinador com o maior número global de jogos.

Se ainda assim não houver desempate, vencerá o treinador que no confronto directo com o outro treinador com igual número de pontos tiver conseguido melhor conjunto de resultados: primeiro, fora de casa; depois, no conjunto.

Se esta fórmula de desempate não for ainda decisiva, recorrer-se-á ao maior número de golos marcados pela respectiva equipa em toda a prova.

Por fim, desempata a idade do treinador, com vantagem para o mais jovem.
Treinador que, durante a época, deixe de orientar a respectiva equipa não conta para efeitos classificativos.

Serão classificáveis, sem deixar de considerar a premissa anterior, os que completem no mínimo 25 jogos na respectiva época da I Liga.

Se o mesmo treinador orientar duas equipas distintas na mesma época desportiva e no primeiro escalão da Liga, contará para efeitos de classificação o somatório das partidas efectuadas, no mínimo de 25 jogos da competição.

  • Incêndio na Sertã "está para durar"
    3:32

    País

    Mais de 700 operacionais combatem o incêndio com três frentes ativas, na Sertã. A jornalista da SIC, Patrícia Figueiredo, esteve junto a Relva da Louça, em Proença-a-Nova, onde avançou que a "situação está complicada" e que as chamas estão quase a alcançar a localidade. A jornalista dá conta ainda de várias equipas da Proteção Civil a ajudar os bombeiros e do seu trabalho dificultado por causa do vento.

  • Genro de Donald Trump depõe hoje no Senado

    Mundo

    Jared Kushner, genro do Presidente dos EUA Donald Trump, vai hoje depor à porta fechada perante o comité dos serviços de inteligência do Senado, a câmara alta do Congresso norte-americano.

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Margem mínima de mil votos obriga a negociações intensas em Timor-Leste

    Mundo

    A Fretilin venceu sem maioria absoluta as lesgislativas para o VII Governo constitucional de Timor-Leste. De acordo com os dados oficiais, o partido de Mari Alkatiri obteve perto de 170 mil votos e conquistou 23 deputados. Já o partido de Xanana Gusmão que tinha vencido há cinco anos, ficou em segundo com 167 mil votos e 22 lugares no parlamento, num total de 65.

  • Projéteis com bolsas de água ajudam Israel a combater os fogos
    3:34

    Mundo

    Israel tem sido afetado por graves incêndios nos últimos meses. Várias empresas de armamento têm-se dedicado à luta contra o fogo e criaram, recentemente, uma nova arma para apagar fogos: um míssil de água, fabricado pela indústria de material de guerra, que tem ajudado bastante os bombeiros israelitas. A reportagem do correspondente da SIC no Médio Oriente, Henrique Cymerman, mostra-nos como funcionam os projéteis de água.

    Henrique Cymerman

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15