sicnot

Perfil

Vizinhos

Siza encontra migrante sírio em casa que projetou há 30 anos

vizinhos

Siza encontra migrante sírio em casa que projetou há 30 anos

O Pavilhão de Portugal na Bienal de arquitetura de Veneza presta este ano homenagem a Álvaro Siza Vieria e aos seus projetos de habitação social. A este propósito a SIC desenvolveu uma série de trabalhos com o arquitecto nos vários bairros que projectou. Por exemplo, em Haia, numa dessas casas, Siza Vieira encontrou agora um sírio refugiado da guerra.

  • A Haia de Siza multicultural
    2:12

    Vizinhos

    Ao longo de décadas a Holanda tem recebido milhares de imigrantes. No projeto de Alvaro Siza em Haia, multiplicam-se as nacionalidades. O arquiteto encontrou nas casas que projectou, um casal de angolanos que vive há 10 anos em Haia.

  • Vizinhos: A Haia de Siza multicultural
    37:26

    Vizinhos

    Quando Álvaro Siza foi convidado a intervir no bairro de Shilderswijk em Haia, nos anos 80, metade da população era holandesa e a outra metade era imigrante. Hoje , mais de 90% dos habitantes de Shilderswijk têm as origens mais diversas, de dezenas de países. Turcos, marroquinos, paquistaneses, originários do Suriname, da Índia, etc. Álvaro Siza conheceu essa diversidade. Esteve na casa de uma familia angolana que há mais de 10 anos vive no bairro e encontrou-se com um refugiado sírio recentemente chegado a uma casa projectada por Siza.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.