• Polémica na cirurgia do hospital da Guarda
    3:38

    País

    O diretor de cirurgia do Hospital da Guarda está debaixo de fogo por escolher as próteses de um laboratório de que é consultor, no tratamento de hérnias inguinais. O médico Augusto Lourenço justifica a opção, dizendo que por culpa da administração, não há concursos públicos para a aquisição de material cirúrgico.

  • E de nós, quem cuida?
    23:13
  • Pais e irmãos separados há 40 anos nos Açores continuam à procura dos que partiram
    7:07
  • "O dinheiro era dos dois": Maria Leal reage às acusações de Francisco
    9:51
  • Portugueses marcham em Londres contra o Brexit
    2:05
  • Arábia Saudita confirma morte do jornalista, Trump acredita mas resto do mundo pede responsabilidades
    2:02
  • A ação da SIC Esperança na Madeira após o temporal de 2010
    4:30
  • Surfista Ítalo Ferreira vence pela primeira vez Meo Rip Curl Pro Portugal
    2:47
  • Ronaldo marca no empate com o Génova

    Desporto

    O internacional português Cristiano Ronaldo marcou este sábado o golo do empate 1-1 da líder Juventus, que perdeu os primeiros pontos, na receção ao Génova, para a nona jornada da liga italiana de futebol.

  • A "Flor de Maracujá" de Stereossauro e Camané
    3:28
  • Portugal Fashion não passa de moda, mas está quase a terminar
    1:43

    País

    As coleções da dupla Marques'Almeida e da 'designer' Katty Xiomara abrem hoje o terceiro e último dia da 43.ª edição do Portugal Fashion, no Porto, que encerra com a coleção "30" de Júlio Torcato. Ontem foram vários os desfiles, incluindo a estreia de Cristina Ferreira e da sua marca numa das principais mostras de moda do país.

  • O Tabu de Francisco Louçã
    17:48

    Opinião

    Francisco Louçã analisa, no habitual espaço de comentário na Edição da Noite de sexta-feira, a tomada de posse do novo Chefe do Estado-Maior do Exército, o Orçamento do Estado para 2019 e a remodelação no Governo.

    Francisco Louçã

  • Talvez poder

    Opinião

    Pedro Cruz

    Os Generais ficaram quietos e calados até verem cair o Ministro. O Ministro caiu. E o General caiu logo a seguir. Os militares, ainda que remetidos às casernas e às cerimónias de salão, continuam a ser uma corporação forte, que age em bloco, sem hesitações.

    Pedro Cruz