Cultura

A história da neta de um dos mais cruéis comandantes da II Guerra Mundial

A história da neta de um dos mais cruéis comandantes da II Guerra Mundial

Uma alemã de pele negra, adotada em criança, descobriu por acaso que é neta de um dos mais cruéis comandantes da II Guerra Mundial. Jennifer Teege escreveu "O Meu Avô Podia Ter-me Matado", um livro autobiográfico que fala sobre a descoberta acidental feita em 2008. A SIC falou com a autora em Lisboa.

  • PSD tem a maior queda e vê PS subir nas intenções de voto
    2:22
  • Muitos britânicos querem segundo referendo ao Brexit
    2:02