Cultura

Roger Waters dá voz a tema do grupo palestiniano Le Trio Joubran

O antigo músico dos Pink Floyd Roger Waters juntou-se ao Le Trio Joubran, célebre grupo palestiniano de música tradicional, na canção "Supremacy", escrita em resposta ao reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel pelo Presidente norte-americano.

Ao som de ouds [cordofone com a forma de meia pêra] , Roger Waters recita uma tradução inglesa do poeta palestiniano Mahmoud Darwish.


Os versos declamados pelo antigo músico dos Pink Floyd são de "Discurso do Índio", um poema que estabelece um paralelo entre o destino dos índios norte-americanos e dos palestinianos.


Roger Waters já tinha apelado ao boicote a Israel. O Le Trio Joubran refere, numa publicação na sua página oficial na rede social Facebook, que "Supremacy" é uma resposta a Donald Trump.


O presidente norte-americano anunciou a 06 de dezembro que decidiu reconhecer Jerusalém como capital de Israel, pondo fim a décadas de diplomacia norte-americana e de consenso internacional.


Israel considera toda a Jerusalém capital do país, enquanto os palestinianos querem fazer de Jerusalém-Este, ocupada e anexada por Israel, a capital do estado ao qual aspiram.

Lusa

  • Diretor artístico demite-se do Museu de Serralves
    2:44

    Cultura

    Estão ainda por esclarecer as razões da demissão do diretor artístico do Museu de Serralves. João Ribas apresentou a demissão esta sexta-feira, um dia depois da inauguração da exposição do fotógrafo Robert Mapplethorp. A demissão foi associada a restrições a algumas imagens de cariz sexual explícito. Mas a Fundação de Serralves garante que foi o próprio João Ribas quem decidiu retirar duas obras da exposição. E sublinha que estava decidido desde o início apresentar as obras de cariz sexual explícito numa zona com acesso restrito.

  • Personalidades do futebol dizem que Ronaldo foi vítima de excesso de zelo
    2:03

    Desporto

    A UEFA vai anunciar o castigo de Cristiano Ronaldo na próxima quinta-feira, depois do cartão vermelho que o internacional português recebeu no jogo da Liga dos Campeões. O castigo pode ir de um a três jogos de suspensão. Várias personalidades do mundo do futebol acreditam que o jogador foi vítima do excesso de zelo do árbitro.