Cultura

Avicii sepultado em Estocolmo em cerimónia privada

Amy Sussman

Avicii foi enterrado quase dois meses depois de ter sido encontrado morto num quarto de hotel em Omã. O DJ sueco foi sepultado em Estocolmo, domingo, numa cerimónia reservada à família e amigos.

A familia de Avicci apareceu dias após a confirmação da morte para partilhar com o público que "ele não conseguia continuar mais".

Frases como "ele tinha dificuldades em perceber a vida, a felicidade, e o sentido de tudo isto" e "ele queria encontrar paz" foram as mais ouvidas.

Bergling, cujos os 'hits' incluíam Wake me Up, Levels e Hey Brother, já tinha sofrido de problemas de saúde, incluindo no pâncreas - devido ao excesso consumo de alcool.

O Dj Pete Tong respondeu à morte do colega sugerindo a criação de um grupo de 'suporte' aos músicos, para estes aprenderem a lidar com a fama e a pressão da indústria.

Após o seu funeral na passada sexta-feira, Avicci foi enterrado no cemitério 'Skogskyrkogarden', património da UNESCO.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

  • Sporting vence Qarabag

    Liga Europa

    O Sporting estreou-se esta quinta-feira na fase de grupos da Liga Europa com uma vitória em Alvalade, sobre o Qarabag, por 2-0.

  • Marcelo despediu-se da "fascinante aventura" do ensino
    2:51