Cultura

Ed Sheeran foi o artista mais lucrativo ao vivo em 2018

379 milhões de euros de receitas e 4,8 milhões de bilhetes vendidos.

O músico britânico Ed Sheeran foi o artista com a digressão internacional mais lucrativa de 2018, com 379 milhões de euros de receitas e 4,8 milhões de bilhetes vendidos, foi esta terça-feira anunciado.

De acordo com a Pollstar, além de liderar o 'top' das digressões mais lucrativas de 2018, Ed Sheeran bateu o recorde do mais bem-sucedido artista em 30 anos, desde que esta empresa norte-americana começou a compilar dados de atuações ao vivo.

Nesta tabela, Ed Sheeran, que dará dois concertos no próximo ano em Lisboa, é seguido pela cantora norte-americana Taylor Swift, com 302 milhões de euros e 2,8 milhões de bilhetes vendidos na "Reputation tour".

Em terceiro lugar figuram Jay-Z e Beyoncé, na digressão conjunta "On the run II" que gerou 223 milhões de euros de receitas da venda de 2,1 milhões de bilhetes.

A tabela dos dez artistas mais lucrativos inclui ainda Pink, Bruno Mars, The Eagles, Justin Timberlake, Roger Waters, U2 e Rolling Stones.

LUSA