Cultura

Morreu a atriz Manuela Cassola

Arquivo SIC

Manuela Cassola nasceu em Portalegre a 19 de junho de 1925.

A atriz portuguesa Manuela Cassola morreu esta quarta-feira em Portalegre, aos 93 anos, disse à agência Lusa fonte do hospital da cidade alentejana.

De acordo com o porta-voz da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, Ilídio Pinto Cardoso, a atriz ainda foi transportada para o hospital de Portalegre, onde deu entrada já morta.

Maria Manuela Cassola Ribeiro nasceu a 19 de junho de 1925, em Portalegre, cidade onde residia.

A atriz notabilizou-se no teatro e, na reta final da sua carreira, com a participação na série televisiva Inspetor Max, transmitida pela TVI, onde deu corpo à personagem de "Justina".

Manuela Cassola frequentou o curso de teatro do Conservatório Nacional, tendo concluído a formação com a classificação final de 18 valores, o que lhe permitiu passar a integrar o elenco do Teatro Nacional.

Mais tarde, a atriz ingressou no Teatro São Carlos, onde teve intervenções dramáticas nas óperas "Orfeu em Lisboa" e "Tá mar", de Ruy Coelho, entre outras.

Manuela Cassola, que colaborou com frequência em programas de rádio-teatro da Emissora Nacional, passou ainda por várias companhias, como a do Chiado, e participou em espetáculos dirigidos por Mário Viegas e Juvenal Garcês.

Nos Estados Unidos, interpretou a peça "Celestina", de Fernando de Rojas, tendo conquistado o prémio de interpretação integrada no Festival El Ciglo de Ouro Teatro Clássico Espanhol com o Teatro Ibérico.

Além de teatro e cinema, na televisão, a atriz participou em várias séries e telenovelas, como "Passerelle" (1988, RTP), "A Banqueira do Povo" (1993, RTP), "Camilo & Filho" (1996, SIC), "Jardins Proibidos" (2000, TVI), "Super Pai" (2001, TVI) e "Rainha das Flores" (2016, SIC).

Lusa

  • "Rui Pinto pode ter feito um tremendo serviço à comunidade"
    1:23