Desporto

Estádio de Bruxelas substituído por Wembley nos palcos do Euro 2020

DOMENIC AQUILINA

A UEFA anunciou esta quinta-feira que escolheu o Estádio de Wembley para substituir Bruxelas como uma das cidades-sede do Campeonato Europeu de futebol de 2020. O organismo revelou ainda que o Estádio Olímpico de Roma irá receber o jogo inaugural do Europeu.

Bruxelas foi excluída da lista de 13 países que vão albergar o Euro 2020, depois dos sucessivos atrasos no arranque da construção do Eurostadium.

O anúncio foi feito esta quinta-feira, através de um comunicado publicado na página oficial da UEFA, que revelou também que o Estádio de Wembley vai receber ao todo sete jogos: três encontros da fase de grupos, uma ronda dos 16 avos, as semis e a final.

As cidades que vão receber o Euro 2020 foram decididas num sorteio aleatório:

Grupo A: Roma (Itália) e Baku (Azerbaijão);
Grupo B: Amesterdão (Holanda) e Bucareste (Roménia);
Grupo C: São Petersburgo (Rússia) e Copenhaga (Dinamarca);
Grupo D: Londres (Inglaterra) e Glasgow (Escócia);
Grupo E: Bilbau (Espanha) e Dublin (Irlanda);
Grupo F: Munique (Alemanha) e Budapeste (Hungria).

Cada um dos países anfitriões irá receber pelo menos dois jogos em casa.

  • Polémica na cirurgia do hospital da Guarda
    3:38

    País

    O diretor de cirurgia do Hospital da Guarda está debaixo de fogo por escolher as próteses de um laboratório de que é consultor, no tratamento de hérnias inguinais. O médico Augusto Lourenço justifica a opção, dizendo que por culpa da administração, não há concursos públicos para a aquisição de material cirúrgico.

  • E de nós, quem cuida?
    23:13
  • Pais e irmãos separados há 40 anos nos Açores continuam à procura dos que partiram
    7:07
  • "O dinheiro era dos dois": Maria Leal reage às acusações de Francisco
    9:51
  • Portugueses marcham em Londres contra o Brexit
    2:05
  • Arábia Saudita confirma morte do jornalista, Trump acredita mas resto do mundo pede responsabilidades
    2:02