Desporto

Lito Vidigal suspenso oito dias por expulsão na Taça de Portugal

O treinador do Desportivo das Aves, Lito Vidigal, foi suspenso por oito dias depois da expulsão no encontro dos quartos de final da Taça de Portugal, com o Rio Ave (4-4, 5-4 nas grandes penalidades), foi hoje divulgado.

Segundo as decisões do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, o técnico e o adjunto, João Moreira da Silva, foram suspensos na sequência da expulsão durante o jogo com o Rio Ave.

O técnico deverá falhar, assim, o jogo do Desportivo das Aves no domingo, no Estádio de Alvalade, frente ao Sporting (20:15), da 18.ª jornada da I Liga de futebol.

Ainda segundo as deliberações do Conselho de Disciplina, foi aberto um processo disciplinar ao Caldas, por "eventual prática das infrações previstas nos artigos 94.º e 62.º" do regulamento de disciplina, na sequência da vitória frente ao Farense (3-2 após prolongamento) nos 'quartos' da Taça.

O primeiro artigo diz respeito a "irregularidade nos bilhetes de ingresso", enquanto o 62.º refere-se a "comportamento discriminatório", sendo que este pode levar a uma sanção de dois a cinco jogos à porta fechada.

Lusa

  • Novo aeroporto "em banho-maria"
    0:24
  • Medina explica que a Casa do Presidente foi concedida a uma empresa privada em 2014
    0:31

    País

    O presidente da Câmara de Lisboa explica que residência oficial é um "nome histórico" que ficou atribuído à Casa do Presidente da Villa, que foi concedida a uma empresa privada em 2014. A autarquia recebe 2600 euros por mês pelo aluguer do espaço. Fernando Medina acrescenta que a figura do presidente de Câmara não tem nenhuma residência oficial. 

  • Morte do jornalista saudita foi "monstruosamente planeada"
    0:45

    Mundo

    O porta-voz da Turquia, Omer Celik , acredita que a morte do jornalista Jamal khashoggi foi um crime planeado de forma monstruosa. O jornalista terá sido assassinado dentro do consulado saudita em Istambul. O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, promete revelar toda a verdade sobre o caso.

  • Jovem de 16 anos aponta arma à cabeça da professora em França

    Mundo

    Dois alunos de uma escola em Créteil, na França, foram detidos depois de terem apontado uma arma à professora. Num vídeo filmado e divulgado por colegas, é possível ouvir o aluno a pedir à professora para lhe tirar a falta de presença, ao mesmo tempo que lhe apontava uma pistola de airsoft à cabeça.

  • Há um bufo no Manchester United e Mourinho quer descobrir quem é
    0:34
  • Barco com refugiados afunda a poucos metros da costa da Turquia
    2:21