Desporto

Alto dirigente da Coreia do Norte desloca-se ao sul para visita

Pawel Kopczynski

Um alto responsável norte-coreano com funções honoríficas vai deslocar-se à Coreia do Sul na sexta-feira para uma visita de três dias, relacionada com os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, anunciou este domingo o governo sul-coreano.

Kim Yong-Nam, que ocupa as funções simbólicas de chefe de Estado, será acompanhado de três responsáveis políticos e de uma equipa de apoio de 18 membros, adiantou o Ministério da Unificação sul-coreano, sem indicar se Kim assistirá à cerimónia de abertura dos jogos programada para o dia da sua chegada.

Em janeiro, a Coreia do Norte anunciou, contra qualquer expectativa, que estava pronta para enviar os seus desportistas aos jogos de Pyeongchang, desencadeando um intenso processo diplomático.

O anúncio surpresa ocorreu numa altura de grande tensão na península coreana devido aos ensaios balísticos e nucleares de Pyongyang e à troca de mensagens apocalípticas e insultos pessoais entre o líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente norte-americano Donald Trump.

Negociações norte-sul permitiram um acordo para a participação de uma delegação norte-coreana nos jogos e a visita de uma delegação de alto nível.

Lusa

  • Diretor artístico demite-se do Museu de Serralves
    2:44

    Cultura

    Estão ainda por esclarecer as razões da demissão do diretor artístico do Museu de Serralves. João Ribas apresentou a demissão esta sexta-feira, um dia depois da inauguração da exposição do fotógrafo Robert Mapplethorp. A demissão foi associada a restrições a algumas imagens de cariz sexual explícito. Mas a Fundação de Serralves garante que foi o próprio João Ribas quem decidiu retirar duas obras da exposição. E sublinha que estava decidido desde o início apresentar as obras de cariz sexual explícito numa zona com acesso restrito.

  • Personalidades do futebol dizem que Ronaldo foi vítima de excesso de zelo
    2:03

    Desporto

    A UEFA vai anunciar o castigo de Cristiano Ronaldo na próxima quinta-feira, depois do cartão vermelho que o internacional português recebeu no jogo da Liga dos Campeões. O castigo pode ir de um a três jogos de suspensão. Várias personalidades do mundo do futebol acreditam que o jogador foi vítima do excesso de zelo do árbitro.