Desporto

Corpo do atleta encontrado na cidade sul-africana de Port Elizabeth

O corpo do atleta amador francês, desaparecido na madrugada do passado sábado, véspera de uma prova de triatlo em Port Elizabeth, foi descoberto, anunciou a polícia daquela cidade do sul da África do Sul.

A porta-voz da polícia, Priscilla Naidu, revelou que o corpo de David Bellet-Brissaud, que vivia no Gabão, foi encontrado numa área do porto da cidade, "com um pneu preso ao tornozelo com uma corda".


A descoberta do corpo foi possível após terem sido visionadas novas imagens captadas pelas câmaras de videovigilância na zona portuária de Port Elizabeth.


A polícia tem a tese de que David Bellet-Brisaud, de 48 anos, se suicidou.


O atleta estava hospedado conjuntamente com a mulher num hotel de Port Elizabeth, tendo deixado a unidade na noite de 12 para 13 de abril, sem documentos nem telemóvel.


Uma câmara de videovigilância captou o francês a sair do hotel e a dirigir-se para outra artéria.


A mulher deu pela falta dele mais tarde, durante a madrugada de sábado.


A família chegou a oferecer uma recompensa de 12.000 rands (800 euros) por toda a informação que conduzisse a polícia sul-africana a descobrir o paradeiro do atleta amador de triatlo, inscrito na prova que decorreu no domingo.

Lusa

  • Recusado pedido de detenção de Duarte Lima
    1:26

    País

    Um juiz das varas criminais não aceitou um pedido do Ministério Público para que Duarte Lima fosse detido nos próximos dias. A existência de recurso, ainda pendente no Tribunal Constitucional, terá condicionado a decisão do juiz.