Desporto

"Não te queremos", "Não és Rei"

Um mural em homenagem ao basquetebolista LeBron James, o mais recente reforço dos Lakers, foi vandalizado em Los Angeles.

A pintura, feita na semana passada, dá as boas-vindas ao atleta e apelida-o de "Rei de Los Angeles". Algo que parece não ter agradado a todos. Depois de um adepto ter lançado um desafio nas redes sociais, oferecendo 300 dólares (cerca de 255 euros) a quem estragasse a pintura, o repto parece ter sido aceite.

Pouco tempo depois de ter sido criado, o mural foi vandalizado com frases como "Não te queremos", "Não és Rei", "LeFraud", e "3-6", em referência ao recorde negativo do basquetebolista nas finais da NBA.

Apesar do estrago, os artistas voltaram ao local este domingo e "retocaram" a pintura, eliminado todos os vestígios de vandalismo. No Instagram partilharam uma fotografia do trabalho, onde escreveram "Não me parece assim tão 'arruinado'… mas boa tentativa".

LeBron James assinou um contrato válido por quatro anos com os Los Angeles Lakers, da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), por 154 milhões de dólares (132 milhões de euros).

Instagram
  • Fernando Pinto suspeito de gestão danosa
    1:28

    Economia

    Fernando Pinto foi constituído arguido por suspeitas de gestão danosa. O processo está ligado à compra da VEM - a Varig Engenharia e Manutenção no Brasil - e envolve outros cinco membros da equipa do ex-presidente da TAP, que diz aguardar serenamente o desfecho do processo, uma vez que ainda não existe acusação.

  • Portugueses presos na Venezuela levam diplomacia a Caracas
    2:03

    Mundo

    O secretário de Estado das Comunidades Portugueses garante que estão a ser feitas todas as diligências para apoiar os portugueses entre os 34 presos na Venezuela. São gerentes de supermercado e foram detidos por alegada especulação na fixação de preços.