Desporto

Novak Djokovic ganha torneio de Wimbledon pela quarta vez

GERRY PENNY

O sérvio Novak Djokovic conquistou este domingo em Londres o torneio de ténis de Wimbledon, terceira etapa do 'Grand Slam', ao vencer na final o sul-africano Kevin Anderson, por 6-2, 6-2 e 7-6 (7-3).

Djokovic obteve o seu quarto título na relva de Londres, após os triunfos em 2011, 2014 e 2015, aumentando para 13 o número de 'majors' no seu currículo, numa final relativamente rápida, que durou duas horas e 18 minutos, ao contrário do que acontecera nas meias-finais, marcadas por 'maratonas'.

Antigo número um mundial, Djokovic caiu muito no 'ranking' após a operação ao cotovelo e apareceu no torneio londrino como 21.º. Com os pontos conquistados hoje, regressa ao top-10, em que também se mantém Anderson, que era o oitavo e agora entra para os cinco melhores.

Há mais de um ano e meio que não jogava a este nível, mais exatamente desde a final do US Open que perdeu em 2016.

Dkokovic, de 31 anos, tem tido um ano de 2018 sem destaques - não ganhou qualquer torneio e apenas foi finalista em Queen's - mas continua a ser um dos mais vitoriosos tenistas em atividade. Entre 2008 e 2016 somou 12 sucessos 'majors', dos quais seis no Open da Austrália. Venceu Roland Garros uma vez e o Open dos Estados Unidos duas, sendo as restantes em Wimbledon.

No seu palmarés destaca-se ainda o ter comandado a seleção da Sérvia na vitória da Taça Davis de 2010.

Lusa

  • Greve no Metro de Lisboa até às 10h00

    País

    Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa cumprem hoje uma greve parcial entre as 6h00 e as 9h30, por reivindicações salariais, prevendo a empresa que o serviço de transporte seja retomado a partir das 10h00.

  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal
    35:21
  • "O acordo está ao nosso alcance e está na altura de o concretizarmos"
    1:34
  • A "bebé milagre" que nasceu com 635 gramas faz 1 ano

    Mundo

    Uma recém-nascida britânica foi apelidada pelos médicos de "bebé milagre" e é fácil perceber porquê: nasceu às 27 semanas de gestação, pesava 635 gramas e sofreu duas paragens cardíacas, que impediram o coração de bater durante 22 minutos. Esta quarta-feira, completou um ano de vida.