Desporto

Fisco espanhol devolve 2 milhões de euros cobrados indevidamente a Cristiano Ronaldo

Fisco espanhol devolve 2 milhões de euros cobrados indevidamente a Cristiano Ronaldo

O fisco espanhol devolveu 2 milhões de euros a Cristiano Ronaldo e refez as contas relativas ao processo de alegada fraude fiscal. De acordo com o jornal espanhol El Mundo, trata-se do valor de IVA da cedência de direitos de imagem de uma prestação fora do território espanhol, logo o fisco não pode cobrar imposto. Assim, em vez dos quase 19 milhões de euros, Ronaldo terá de pagar cerca de 17 milhões à autoridade tributária espanhola.

  • Polícia britânica acredita que ataque junto ao Parlamento foi ato isolado
    2:15
  • Donald Trump acusa ex-assessora de ser "um cão"

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump aumentou esta terça-feira o tom do confronto com a antiga assessora Omarosa Manigault Newman, que chegou a ser a afro-americana com estatuto mais elevado na Casa Branca, designando-a como "esse cão!".