Desporto

Fisco espanhol devolve 2 milhões de euros cobrados indevidamente a Cristiano Ronaldo

Fisco espanhol devolve 2 milhões de euros cobrados indevidamente a Cristiano Ronaldo

O fisco espanhol devolveu 2 milhões de euros a Cristiano Ronaldo e refez as contas relativas ao processo de alegada fraude fiscal. De acordo com o jornal espanhol El Mundo, trata-se do valor de IVA da cedência de direitos de imagem de uma prestação fora do território espanhol, logo o fisco não pode cobrar imposto. Assim, em vez dos quase 19 milhões de euros, Ronaldo terá de pagar cerca de 17 milhões à autoridade tributária espanhola.

  • Ministro saudita diz que morte de jornalista é um "erro grave"
    0:31
  • As imagens da festa privada que acabou mal nos EUA: piso colapsa e arrasta dezenas de jovens
    0:31