Desporto

Frederico Varandas espera "justiça" a propósito dos casos do Benfica

RODRIGO ANTUNES

O recém-eleito presidente do Sporting, Frederico Varandas, comentou este sábado, no Porto, os casos judiciais que envolvem o rival Benfica dizendo esperar "que se faça justiça".

"Vivemos num Estado de direito e estou à espera que se faça justiça. Acredito na justiça portuguesa", disse o novo presidente do Sporting, eleito há uma semana para um cargo que era ocupado por Bruno de Carvalho.

Varandas, que falava à entrada para o jantar anual do Núcleo Solar do Norte, no Porto, disse ainda que, no jantar, ia "falar do futuro" do Sporting, o qual, considerou, "é muito risonho".

A uma pergunta sobre a situação atual do Sporting, respondeu que não só não está arrependido por ter decidido concorrer à presidência como está "ainda mais confiante e mais otimista".

"Há tanto para fazer e para melhorar. É um desafio extremamente interessante e tenho a certeza de que o vamos levar a bom porto", declarou.
A situação financeira do Sporting, adiantou, "está como esperava".

"Não me tira o sonho", completou.

Frederico Varandas respondeu ainda a uma questão sobre as relações futuras com os clubes rivais. "Os sócios podem estar completamente descansados, que a minha equipa defenderá os interesses do Sporting sempre", enfatizou.

O jantar anual do Núcleo Solar do Norte era para se ter realizado em junho, como é costume, e foi adiado para esta altura, segundo fonte da organização, devido à perturbação que o clube atravessava então.

Frederico Varandas jantou com cerca de 150 adeptos e simpatizantes na Fundação Associação Empresarial de Portugal.

Lusa

  • O sonho americano
    12:13
  • Mantém-se impasse no Brexit
    2:14