Economia

Santander compra Banco Popular por 1€

O Santander comprou o Banco Popular por um euro, anunciou hoje o Conselho Único de Resolução europeu. O banco espanhol estava perante um cenário iminente de insolvência.

Última atualização 9:12

A informação foi anunciada pelo Conselho Único de Resolução, depois de o Banco Central Europeu ter determinado que a insolvência da instituição financeira era provável.

Em comunicados separados, o Fundo de Reestruturação Ordenada Bancária (FROB) e o próprio Santander indicam que a compra ocorre depois de um processo competitivo de venda organizado "no âmbito de uma medida de resolução", adotado pelo Conselho Único de Resolução europeu e executado pelo FROB.

Como parte da operação, o Santander tem previsto realizar um aumento de capital de aproximadamente 7.000 milhões de euros, "que cobrirá o capital e as provisões necessárias para reforçar o balanço do Banco Popular", segundo um comunicado enviado à Comissão de Comissão de Mercado de Valores (CMVM).

O diretor adjunto de Informação da SIC, José Gomes Ferreira, explica que a compra do Bando Popular pelo Santander faz parte da estratégia europeia de criar grandes bancos europeus que integram bancos mais pequenos.

O que muda em Portugal?

O Banco de Portugal clarificou entretanto que a filial portuguesa do Banco Popular Español "não foi objeto de qualquer medida de resolução" mas "está incluída no perímetro de venda, pelo que passa a integrar o grupo do Banco Santander".

O regulador garante ainda que a medida de resolução aplicada sobre o Popular espanhol "não implica qualquer alteração na atividade do banco português, que continua a operar com total normalidade, agora integrado num novo grupo bancário".

  • Investigadores sugerem redução de 10 a 20% no preço dos medicamentos
    1:24
  • Descoberta arqueológica da década no Tejo
    2:03