Economia

Saída de 10 mil M€ para offshore sem controlo do Fisco devido a "anomalia informática"

Saída de 10 mil M€ para offshore sem controlo do Fisco devido a "anomalia informática"

A auditoria da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) concluiu que houve anomalias informáticas e é "extremamente improvável" que a falha informática que permitiu a saída de 10 mil milhões de euros para offshore sem a análise do fisco tenha sido causada por mão humana.

  • Fisco obrigado a divulgar valor e destino das transferências para offshores
    1:16

    Economia

    O fisco está obrigado, a partir de hoje, a publicar anualmente o valor total e o destino das transferências para paraísos fiscais. A nova lei foi publicada em Diário da República e surge depois da polémica sobre as transferências para contas offshore. O Governo anterior não publicou as estatísticas durante quatro anos, período em que a Autoridade Tributária deixou passar transferências no valor de 10 mil milhões de euros.

  • MP investiga falhas das transferências para offshores
    2:33

    Economia

    A Procuradora-geral da República diz que o Ministério Público está a recolher elementos sobre o caso dos 10 mil milhões de euros que não passaram pelo crivo fiscal para decidir a abertura de um inquérito. A tese de erro informático tem sido avançada nas audições na Parlmento, mas o sindicato fala de falha humana.Louça diz que é uma prova da incompetência da ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

  • Mais de metade dos 10 mil milhões de euros para offshores partiram do BES
    0:44

    Economia

    Mais de metade dos 10 mil milhões de euros que foram transferidos para offshores partiram do Banco Espírito Santo, uma notícia que promete abalar ainda mais a polémica do enorme volume de transferências para paraísos fiscais que escaparam ao crivo do Fisco entre 2011 e 2014. São mais de 5 mil milhoes de euros retirados do país pelos próprios clientes - a maior parte empresas, precisamente dois anos antes da resolução do banco. A notícia é avançada na edição desta sexta-feira do Jornal Económico.

  • Saiba como pode ficar a pagar menos IMI
    7:11