Economia

O momento em que Dijsselbloem dá o sino do Eurogrupo a Mário Centeno

O momento em que Dijsselbloem dá o sino do Eurogrupo a Mário Centeno

Mário Centeno assumiu esta manhã a liderança do Eurogrupo numa cerimónia na embaixada de Portugal em Paris. O antecessor  Jeroen Dijsselbloem sublinha que fica contente por passar o testemunho a Centeno, porque o ministro português tem um grande apoio no Eurogrupo e será capaz de implementar reformas e modernizar a Zona Euro.  

A passagem de testemunho da presidência do Eurogrupo aconteceu com a oferenda simbólica do sino simbólica com que o holandês Jeroen Dijsselbloem tinha o hábito de abrir as reuniões.

Centeno assume hoje funções para um mandato de dois anos e meio, até meados de 2020. Mário Centeno foi eleito presidente do Eurogrupo a 4 de dezembro do ano passado, ao impor-se na segunda volta da votação realizada em Bruxelas.

  • Novo aeroporto "em banho-maria"
    0:24
  • Marcelo considera inaceitável divulgação de fotografias de três foragidos
    0:39

    País

    O ministro da Administração Interna considerou inaceitável a divulgação das fotografias dos foragidos do Porto detidos pela PSP. Eduardo Cabrita ordenou um inquérito para apurar como surgiram as imagens dos três homens, algemados, logo depois de terem sido apanhados pela polícia num parque de campismo em Gondomar. A divulgação das fotografias está a chocar o Governo e o Presidente da República. Marcelo Rebelo de Sousa diz que é necessário manter o respeito e dignidade das pessoas e ter atenção às fotografias divulgadas.

  • Medina explica que a Casa do Presidente foi concedida a uma empresa privada em 2014
    0:31

    País

    O presidente da Câmara de Lisboa explica que residência oficial é um "nome histórico" que ficou atribuído à Casa do Presidente da Villa, que foi concedida a uma empresa privada em 2014. A autarquia recebe 2600 euros por mês pelo aluguer do espaço. Fernando Medina acrescenta que a figura do presidente de Câmara não tem nenhuma residência oficial. 

  • Morte do jornalista saudita foi "monstruosamente planeada"
    0:45

    Mundo

    O porta-voz da Turquia, Omer Celik , acredita que a morte do jornalista Jamal khashoggi foi um crime planeado de forma monstruosa. O jornalista terá sido assassinado dentro do consulado saudita em Istambul. O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, promete revelar toda a verdade sobre o caso.

  • Jovem de 16 anos aponta arma à cabeça da professora em França

    Mundo

    Dois alunos de uma escola em Créteil, na França, foram detidos depois de terem apontado uma arma à professora. Num vídeo filmado e divulgado por colegas, é possível ouvir o aluno a pedir à professora para lhe tirar a falta de presença, ao mesmo tempo que lhe apontava uma pistola de airsoft à cabeça.

  • Há um bufo no Manchester United e Mourinho quer descobrir quem é
    0:34
  • Barco com refugiados afunda a poucos metros da costa da Turquia
    2:21
  • Ryanair divulga vídeo dos funcionários a encenar foto a dormir no chão

    Mundo

    Na semana passada, o sindicato publicou uma fotografia nas redes sociais para mostrar como os pilotos e tripulantes dormiram numa sala, "sem as mínimas condições de descanso". A Ryanair negou as acusações e divulgou um vídeo de uma câmara de vigilância a mostrar como a fotografia foi encenada.