Economia

PSA vai produzir carros em Mangualde

Dado Ruvic

O grupo PSA, dono das marcas Peugeot, Opel e Citroen, confirmou esta terça-feira que uma parte da produção dos três novos carros vai ser feita na fábrica portuguesa, em Mangualde, a partir de outubro. O projeto conhecido como K9, inclui modelos de carro de lazer das três marcas.

Já se sabe que vão estar disponíveis com cinco ou sete lugares e que vão pagar "Classe 2" de portagem, já que a altura ultrapassa 1,10 metros.

O grupo PSA ameaçou na semana passada que se não houver mudanças no preço das portagens, a fábrica de Mangualde corre o risco de fechar.

Segundo o diretor Alfredo Amaral, as pessoas não compram carros deste tipo de classe por causa do preço elevado das portagens.

A fábrica de Mangualde tem 700 trabalhadores e terá mais 225 a partir de abril, com a criação de um terceiro turno de produção dos modelos Citröen Berlingo e Peugeot Partner.

  • Diretor artístico demite-se do Museu de Serralves
    2:44

    Cultura

    Estão ainda por esclarecer as razões da demissão do diretor artístico do Museu de Serralves. João Ribas apresentou a demissão esta sexta-feira, um dia depois da inauguração da exposição do fotógrafo Robert Mapplethorp. A demissão foi associada a restrições a algumas imagens de cariz sexual explícito. Mas a Fundação de Serralves garante que foi o próprio João Ribas quem decidiu retirar duas obras da exposição. E sublinha que estava decidido desde o início apresentar as obras de cariz sexual explícito numa zona com acesso restrito.

  • Relação do Porto mantém em liberdade dois homens que violaram mulher inconsciente
    1:27

    País

    Há mais uma polémica em torno de uma decisão do tribunal da Relação do Porto. Chamada a reavaliar uma decisão da 1.ª Instância, a Relação entendeu que devia manter em liberdade dois homens que, em 2016, violaram uma mulher quando ela estava inconsciente. Os juízes dizem que a culpa dos dois homens é "mediana" e que a "ilicitude não é elevada".

  • Personalidades do futebol dizem que Ronaldo foi vítima de excesso de zelo
    2:03

    Desporto

    A UEFA vai anunciar o castigo de Cristiano Ronaldo na próxima quinta-feira, depois do cartão vermelho que o internacional português recebeu no jogo da Liga dos Campeões. O castigo pode ir de um a três jogos de suspensão. Várias personalidades do mundo do futebol acreditam que o jogador foi vítima do excesso de zelo do árbitro.